E se os antigos mitos e conceitos religiosos ainda estivessem tão impregnados nas veias da chamada sociedades atuais? Um RPG onde realidade e ficção se unem.
 
InícioMembrosBuscarGruposFAQCalendárioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 + Somente meu...

Ir em baixo 
AutorMensagem
Hellioth Crawford

avatar

Mensagens : 7

MensagemAssunto: + Somente meu...   Qua Nov 14, 2018 12:19 am

Você é totalmente meu


Esta é uma RP FECHADA entre Christopher Rockwood e Hellioth Crawford, se passa na casa Crawford, em uma noite tranquila e chuvosa.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hellioth Crawford

avatar

Mensagens : 7

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Qua Nov 14, 2018 12:29 am

joguinhos
Os olhos percorrem a sala calmamente.

– Christopher, você tem mais um minuto. Nem mais, nem menos. Por que acha que ganhou o maldito celular? – As palavras do prefeito são rígidas, mas ele não se importa. O seu garoto está atrasado, portanto, terá que puni-lo. Será que o cinto de castidade não é o suficiente? O que deve fazer: tirá-lo do emprego ou deixá-lo em cárcere por um bom tempo?

O abuso e o BDSM vivem em um conflito constante, quando se trata de Hellioth, que desconhece muitas coisas interligadas aos limites. Conforme o tempo foi passando, acabou dominando Chris. Ou você faz isso ou faz aquilo. Tal frase sempre determinou sua relação com o secretário jovem que, por azar ou sorte – pouco importa para Crawford – acabou aparecendo em seu destino.

Cruza uma das pernas. O terno cobre seu corpo.

Tic. Tac. Tic. Tac.

O relógio na sala escura faz o barulho. Abaixa os olhos e encara o objeto metálico em seu pulso, vendo que já passou dez minutos. – Atrasado… Como sempre. – Estreita os globos oculares e antes que possa resmungar mais um pouco, escuta a campainha tocar. – Entre, Christopher. – Ordena em um tom sereno, sabendo que se trata de seu escravo.

Após ser obedecido, as íris azuladas pousam no secretário.

– Você atrasou, portanto, já sabe o que vai ocorrer, não é? – Pergunta tranquilamente, entrelaçando os dedos de suas próprias mãos e pousando-as em seu colo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Christopher Rockwood

avatar

Mensagens : 5

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Qua Nov 14, 2018 1:00 am

É claro que Chris sabia que estava atrasado, ele havia saído até mais cedo da aula para poder chegar o quanto antes do combinado, mas por alguma carga de karma, aquela volta estava sendo marcada por problemas e mais problemas.

- Por favor, eu preciso chegar na casa do prefeito o mais rápido possível. Não tem como ir por outra rota? Esse horário a Tremazeira é horrível.

Implorou para o motorista do táxi que apenas o olhou pelo reflexo do retrovisor e simplesmente o ignorou, de modo que fez o moreno apertar a pasta contra seu corpo e fechar os olhos, rezando silenciosamente para que se fosse castigado, não fosse tanto.


♦️♦️♦️



Ele bateu contra a porta, era visível que estava irritado e isso o fez tentar melhorar a expressão antes deter permissão de adentrar o cômodo e o olhar, cabisbaixo, como um cachorro que sabe que fez algo de errado.

- Sei sim, senhor. Peço perdão, bateria do celular acabou e o motorista do táxi... Bem, acho que ele não foi com minha cara

Comentou se aproximando lentamente, sem ousar o olhar mais agora que estava tão próximo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hellioth Crawford

avatar

Mensagens : 7

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Qua Nov 14, 2018 1:08 am

joguinhos
A porta é fechada quando o menor entra e então o escuta. Solta um bocejo, indicando que pouco se importa.

– E… ? – Franze o cenho, inclinando a cabeça para o lado direito.

Gosta das coisas na hora que deseja, por isso é o prefeito dali há oito anos, sendo a única pessoa reelegida por suas habilidades interligadas a oratória e como bom comandante da cidade pacata. Passa a língua entre os lábios e semicerra os olhos, encarando seu escravo, que está envergonhado de tal atitude. – É uma pena, sabe? – Solta um falso suspiro pesado, indicando que acha a situação triste.

– Queria tanto te soltar desse cinto de castidade. – Os olhos saem da face do menor e pousam na calça dele, que possui um certo volume por causa do objeto, mas nada que seja exagerado. Imagina que, com certeza, a gaiola erótica o está incomodando demasiadamente, principalmente por usá-la a três semanas.

– Da última vez, ficou com ela uma semana só. Dessa vez, faz três semanas. Isso indica que você anda se comportando mal, não acha, Christopher? – Quando o chama pelo nome completo, indica que o castigo será parcialmente incômodo.

– Por que não me ligou para avisar do atraso? Eu que tive de fazer isso. Sabe o quanto odeio, não é? – Levanta-se e aproxima-se do menor. Leva a mão direita até a garganta dele, fazendo com que seus dedos se fechem contra a região delicada, mas não aperta para deixá-lo sufocado. – Se continuar não me avisando onde está, vou te demitir e você vai ficar dentro dessa casa o dia inteiro. Estamos entendidos? – A repreensão acontece de forma serena, mas é possível perceber um pouco da raiva do mais velho.

– Estamos entendidos, garoto? – Dá uma tapa forte no rosto dele com a mão livre, porém ainda o segura com a mão livre. – Pode tirar essas roupas. Felizmente, pra mim, vou ter que te punir. – Afirma divertidamente.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Christopher Rockwood

avatar

Mensagens : 5

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Qua Nov 14, 2018 1:37 am

Ele sabia que seria daquele jeito, como não? Estar com Helliot era saber como se portar e como responder, mas naquelas ultimas semanas, nas três últimas semanas, sua vida estava desmoronando silenciosamente e ele não estava sabendo lidar com mais nada daquilo. Ele tinha que se manter forte.

- E que se o motorista tivesse feito o caminho que eu pedi, eu teria chego aqui vinte minutos antes do que havia sido marcado. Senhor. acrescentou a última palavra, não tendo acreditado em como estava tendo audácia para o responder daquela forma, logo tendo se arrependido após ser citado o cinto. Ou o senhor tem tido muito mais prazer em me ver desse jeito, por que não imagina tudo o que eu tenho passado nessas semanas!

Chris não sabia mexer naquele modelo de celular, era muito mais sofisticado que o antigo celular de abrir e fechar, chegando a pagar mico ao perguntar a um colega da faculdade como fazia para atender uma vez que não havia teclas para tal. Mas não chegou a responder, as mãos em teu pescoço o havia assustado, juntamente a leve pressão exercida ali.

- PARA! gritou ele assustado com o tapa que havia recebido, empurrando o mais velho para se afastar de si, puxando o ar que minimamente parecia fazer falta a seus pulmões. Para de me tratar assim, sob ameaças e castigos que particularmente só lhe agradam. Eu faço o máximo possível para lhe servir, seja no trabalho ou aqui e você me trata como um brinquedinho qualquer como uma criança mimada. Nas três últimas semanas você quebrou meu antigo celular por que um colega da faculdade mandou mensagem, rasgou minha roupa por que estava sedento e queria me foder em sua sala e adivinha só, entre tantas outras coisas, minha mãe acabou de falecer e onde estou, aqui, contigo, por que eu não sei dizer não a você! Ele não estava se reconhecendo, nunca havia surtado daquela forma, com ninguém. Eu não irei retirar minha roupa, Helliot. Eu estou indo embora. Está aqui a pasta com a documentação que me pediu

E empurrou a mesma contra o peito dele, dando as costas para ir novamente em direção à porta, respirando pesadamente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hellioth Crawford

avatar

Mensagens : 7

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Qui Nov 15, 2018 2:08 am

joguinhos
Chris possui audácia, algo que faz Hell franzir o cenho perante toda a situação.

O surto, o piti, as más respostas. Tudo isso faz o mais velho semicerrar os olhos e pousar as íris azuladas em cima do corpo do menor. Compreende cada uma das palavras de seu escravo e então assusta-se ao ter a pasta jogada com força contra seu corpo.

O rosto fica vermelho, a fúria toma conta de si e então o vê ir embora.

– Como é que é? – Estica a mão e o puxa pelo braço direito. Os dedos de Crawford apertam o braço de seu pequeno com força, fazendo com que ele fique diante si. Aponta o indicador da outra mão perto do rosto do menino e, também, põe a encará-lo no fundo dos olhos.

– Você acha que vai embora, moleque? – As palavras são mais rígidas e brutas. – Cala essa sua boca! – Dá um tapa forte contra o seu rosto. – Vai calar essa boca ou vai apanhar! – A fúria é visível em seu rosto. A respiração do loiro se torna cada vez mais inconstante, seu peitoral se movimenta de forma ligeira, expondo a raiva que o consome.

– Você é meu garoto. Você é meu filhotinho. Você é meu escravo. Você é minha posse. Você é meu. – Aproxima seu rosto do dele, cuspindo em sua face e dando mais um tapa. – Resolveu se revoltar, é? – Uma risada sádica sai de seus lábios. – Trinta dias de folga vão resolver isso, sei muito bem como cuidar de você. – E então caminha até um local secreto de sua casa, puxando-o.

Seus dedos fecham contra o braço dele mais uma vez, deixando a força tomar conta. – E se abrir a boca, você vai se arrepender, Christopher. – Afirma de forma rígida.

Em breves segundos, alcançam o porão de Hell, que abre-o com o auxílio de uma chave e expõe um quarto sadomasoquista. Empurra o garoto para dentro e tranca a porta. Dá um tapa forte na cara de Chris e o empurra contra a cama. – Bem-vindo a sua folga. Vai ficar aqui durante um mês. – Semicerra os olhos, ficando contra a porta, para impedi-lo de sair. – Mais alguma coisa, moleque?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Christopher Rockwood

avatar

Mensagens : 5

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Sab Nov 17, 2018 5:12 pm

Ele realmente estava cansado da pressão que era ser sempre o melhor para Helliot, era de fato um inferno estar sempre dando o máximo de si mas sendo punido por um erro ou outro. Ele era humano, era passível de erro, não uma máquina construída para ser perfeito em tudo que fizesse e não ser reconhecido por isso o deixava chateado, sensível - tanto físico como espiritual - por cada parte que era castigada. Tantas marcas e hematomas que pensariam que ele sofria abuso e agressões, e com aquele aperto em seu braço ao ser puxado seria mais uma para a memória, juntamente com o indicador apontado para si, o fazendo ir um pouco para trás e se encolher, o medo e a submissão voltando a crescer dentro dele.

O tapa em seu rosto acabou ecoando por todo a sala, em seu rosto, a marca vermelha da mão do mesmo logo começou a latejar e a arder ainda mais, sem contar no sangue que acabou preenchendo sua boca e manchando teus lábios pelo hábito de quando com medo, morder o inferior suavemente e ao sentir o impacto, rasgou a fina pele, causando-o mais dor.

Ele podia observar a fisionomia do outro bem alterada, o modo que ele respirava e falava era fora do habitual e naquele momento, se sentiu humilhado de uma forma que nunca achou que teria efeito. O cuspe em seu rosto o fez novamente ficar com os olhos marejados e o segundo tapa marcou a outra face, o fazendo recuar do mais velho e estender os braços acima da cabeça, trêmulo, o sangue sujando seu queixo e sua pele clara.

Ele não conseguiu falar nada, apenas ser puxado como um cachorrinho rebelde que por se comportar mal na rua tinha que voltar para a casa, mas ele não sabia para onde estava indo. Ele conhecia toda a casa de Hell, ou achava que conhecia até ver que estavam indo para um lugar que ele nunca tinha notado antes, e mesmo sob a ameaça, não ousou abrir a boca mais. O que quer que fosse passar, tinha certeza que não chegaria de fato a trinta dias.

O porão parecia desagradável já de longe mas se mostrou diferente do que imaginava o mais novo. Se fosse em outro momento, ficaria maravilhado com a cena, mas ali, naquele momento, era a câmera de tortura particular para si. 

Sua pele se arrepiou friamente ao ouvir a porta ser trancada atrás de si e mal teve tempo de pensar direito quando sentiu o terceiro tapa e o corpo ser jogado contra a cama, as lágrimas não aguentando mais e correndo por seu rosto novamente, o olhando pela primeira vez como um monstro abusivo. Ele ficaria ali trancado por um mês? Hell não seria louco, ou melhor, para Hell, aquilo era muito bem possível.

Por favor... Deixe-me ir? Eu prometo me comportar melhor, me perdoa, me perdoa, por favor.

Sussurrou desesperado enquanto o olhava, a respiração e a voz tão fraca que mal podiam ser ouvidas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hellioth Crawford

avatar

Mensagens : 7

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Dom Nov 18, 2018 12:29 am

joguinhos
Encara-o com ódio. Sua vontade é de rir, não é mesmo, meu caro?

Não por tê-lo em suas mãos, mas por vê-lo arrependido. A única coisa que o impede de fazer tal ato, é seu lado humano.

Pode parecer frio. Pode parecer maldoso, mas não é nada disso. Ama ter o menino em suas mãos, mas gosta de carinho. Ama ter o menino em suas mãos, mas gosta de cobrá-lo constantemente, pois sente-se excitado com as punições. – Sinto muito, mas daqui você não sai, Christopher. – Fala todo o nome do garoto, algo que deixa bem perceptível que a situação do secretário não é nada agradável.

– Nem tente fugir. – As palavras saem de maneira séria – mais do que o normal. – Você pediu para estar aqui. Sua punição é ficar aqui por um mês. Se tentar me atacar para escapar, aumento mais um mês. E se continuar teimando ou dando piti, mais um mês. – Explica e aproxima-se dele, inclinando seus joelhos e segurando o queixo do rapaz. – Tem certeza que vai querer me desafiar? – Desliza o polegar da mão direita pelos lábios dele, soltando um suspiro pesado.

– Você está sangrando. Vou cuidar de você. – Resmunga e levanta-se em seguida.

Aproxima-se até um dos armários que tem ali e pega um kit de primeiros socorros. Posteriormente, aproxima-se do menino e abre a maleta, analisando tudo que possui ali. Você fez um curso básico, afinal, sabe que escravos podem ser feridos – e não quer levá-los ao hospital para chamar a atenção. Todavia, desta vez, a culpa foi sua. Retira os instrumentos necessários de dentro da maleta.

– Abre a boca. – Ordena em um tom firme.

Posteriormente, cuida da região da boca dele. Demora alguns minutos. A seguir, guarda o kit médico e joga os produtos utilizados em um lixo metálico que há perto de ti. Solta um suspiro pesado e fecha as pálpebras por alguns instantes, mas logo as ergue, encarando-o.

Volta para o armário e pega uma enorme corrente, acompanhada de uma algema metálica. Prende a corrente na parede e depois coloca as algemas junto de um dos grilhões, fechando as algemas no tornozelo direito do garoto. – Se você não se mexer muito, não vai machucar. Vai poder se locomover por todo o quarto, mas não conseguirá sair daqui. Essa belezinha não deixa. – Afirma e então se aproxima dele.

– Tem um banheiro básico ali. Quer tomar banho? – Pergunta.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Christopher Rockwood

avatar

Mensagens : 5

MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   Sab Dez 08, 2018 12:05 pm

Christopher odiava ver seu nome sendo chamado por completo, ainda mais por alguma figura de respeito – como sua mãe ou Hell – e isso o fez se encolher novamente. Havia passado tanto do limite que se surpreendeu com o fato de não ter um castigo ainda mais pesado contra seu corpo. Nenhum tapa contra seu escroto ou sua bunda, nem mesmo flagelos... Talvez ele tenha pego Hell de surpresa que mais alguma agressão física o fizesse pensar que seria atacado de novo. Mas na cabeça do menino, ele apenas queria duas coisas, que Hell o amasse e o protegesse sempre; assim como ser reconhecido pelas coisas que estava sempre fazendo perfeitamente para ele.

Chris permitiu ainda sem emitir nenhum som que o mais velho cuidasse de sua ferida, se encolhendo vez ou outra pelo desconforto que era precisar de ponto falso para melhorar a ferida, seus olhos se demorando ocasionalmente no rosto do outro, sua expressão um misto de medo, remorso e saudade. Era visível que parte de Chris precisava de um abraço para se sentir melhor, mas não fora isso que recebera...
 
Ele observou Helliot voltando com a corrente e os grilhões juntamente as algemas para o aprisionar, o silêncio de Chris sendo algo anormal para si, afinal, ficar calado era algo que dificilmente fazia espontaneamente até aquele momento. Ao ouvir do banheiro e a pergunta se queria tomar um banho, fez um pequeno sim com a cabeça e lentamente se locomoveu até o local, retirando a camisa social branca manchada de seu sangue e outros fluídos corporais e o fitou por sobre o ombro.

Pode tirar a algema da perna para eu tirar a calça e a cueca? Por favor, Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: + Somente meu...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
+ Somente meu...
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Resenha "Somente o Básico": Star Trek Fleet Captains
» Clash of Culture por U$39.99 na CSI (Somente hoje)
» Resenha "Somente o Básico": Through the Ages
» Jogos à venda - somente para o núcleo da Curitiba Lúdica
» Givehotel, formulário com 25 on's http://givehotel.serverhp.in/client Falta somente 5 usuários venha ®

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Persuasion :: Eagal City :: Alameda Austin :: Residências-
Ir para: